Tag: campanha

12
out

Animação chama atenção para o câncer testicular.

Studio AKA assina o divertido #Feelingnuts

Captura de Tela 2014-10-09 às 18.12.41

Em inglês, assim como em português, há diversas palavras para se referir aos testículos, que vão de bolas às jóias da família. Daí que entra o raciocínio de #Feelingnuts, campanha criada pelo Studio AKA para o movimento de conscientização do câncer testicular Check One For Two:

“NÓS REALMENTE DEVEMOS AMAR NOSSOS TESTÍCULOS PARA DAR A ELES TANTOS NOMES CARINHOSOS.”

O problema é que, apesar de todo esse amor, os homens não conseguem dar a devida atenção aos riscos de desenvolverem um câncer testicular, apesar de inúmeras campanhas sobre o assunto, como por exemplo essa aqui, da Asociación Española de Adolescentes y Adultos Jóvenes con Cáncere essa aqui, criada pela BBDO de Toronto.

#Feelingnuts, entretanto, chama a atenção por ser muito mais divertida e simpática, sem perder o foco na informação. A animação mostra dois testículos correndo inúmeros riscos que são comparados à doença, explicando as chances de cura diante de um diagnóstico precoce, etc.

Apesar de estarmos no Outubro Rosa, mês dedicado à conscientização do Câncer de Mama, prevenção é uma palavra que vale em qualquer época do ano.

Fonte: Brainstorm9




25
set

Budweiser usa um simpático cãozinho para falar sobre a combinação de álcool e direção.

bud

Friends Are Waiting nos lembra que, quando saímos para beber, há sempre alguém que espera por nossa volta.

Como não amar os labradores, esses cãezinhos tão fofos e simpáticos que mesmo depois de adultos, ainda continuam com aquela carinha de filhote? A Budweiser percebeu isso e, para o intervalo do Super Bowl deste ano, usou a receita tradicional de seus cavalos Clydesdale combinada a um sapeca labrador. Pronto: foi escolhido o comercial favorito dos norte-americanos exibido durante a final do campeonato da NFL. Só que não parou por aí.

Na sexta-feira, a Bud divulgou no YouTube Friends Are Waiting, um filme direcionado a conscientizar as pessoas sobre o consumo consciente de bebidas alcóolicas, lembrando que sua combinação com direção pode ser fatal.

Aqui, vemos um cara e seu cãozinho, que fazem tudo juntos – aquela história de amizade linda que aparece com frequência nos comerciais da marca de cervejas. Um dia, entretanto, ele deixa o amigo de quatro patas em casa para sair com sua galera, e promete voltar logo. O problema é que o tempo vai passando e nada…

A primeira coisa que vem à nossa mente é quantas vezes alguém se despediu dos pais, filhos e amigos, dizendo que voltava logo, mas nunca retornou por conta de um motorista alcoolizado.

Apesar de diversos veículos apontarem a criação como sendo da Anomaly, responsável por Puppy Love, a AdAge aponta que desta vez os responsáveis são os criativos da Momentum Worldwide. E só para constar, já foram mais de 6 milhões de views desde sexta-feira.

Fonte: Brainstorm9




24
set

Hidratação adequada Incentivado via Talking Fountain.

Drink Up inspira as pessoas através de cativantes monólogos, risos e surpresas.

O Drink Up Fountain, a fonte de água pública que fala, emprega tecnologia de voz para literalmente espalhar mensagens em prol da saúde, incentivando os usuários a se manterem hidratados. Esta última novidade em tecnologia de saúde é parte do Drink Up Campaign , promovido pela Parceria para uma América mais saudável .

O esforço de colaboração se encaixa com o objetivo maior da organização sem fins lucrativos de fazer escolhas mais saudáveis ​,mais acessíveis e mais disponíveis para as famílias em todo o país. Quando as famílias bebem água o suficiente, de acordo com a Campanha Drink Up , eles experimentam níveis mais elevados de saúde em geral.

Manter-se hidratado oferece uma longa lista de outros benefícios para a saúde,  inclusive ajudando na perda de peso e manutenção de peso saudável, facilitando a recuperação muscular após o exercício, e nutrindo as células do corpo que precisam reparar e crescer.

parceria-para-a-saudável-america-bebida-up-fountain.jpg

O Drink Up Fountain não só surpreende as pessoas com o seu monólogos cativantes, também faz beber água com divertimento. Durante anos o consumo de água caiu, competindo com milhões de dólares gastos em anúncios e jingles cativantes para refrigerantes, sucos e outras bebidas, levando algumas pessoas a pensar que beber água é “chato”. Agora, no entanto, a água está tendo a sua chance de atenções revigoradas.

No Drink Up a missão é fazer com que mais pessoas bebam cada vez mais água e com mais freqüência.

Bebida acima

Fonte: PSFK

03
set

Garota presa sob escombros chama atenção para ONG infantil na Dinamarca.

We Love People assina ação para a Red Barnet/Save the Children.

Em março deste ano, o filme Most Shocking Second a Day Video, da ONG Save the Children, chamou a atenção para a situação das crianças na guerra da Síria. No continente africano, a organização também está trabalhando para construir clínicas que ajudem a reduzir as altíssimas taxas de mortalidade infantil, com ajuda da comunidade do Minecraft. E se você acompanha o noticiário internacional, sabe que a entidade ainda tem muito a fazer para ajudar as crianças ao redor do mundo. Só que, para isso, ela precisa de dinheiro.

Para ajudar a divulgar a arrecadação de fundos para a Red Barnet – braço dinamarquês da Save the Children – a agência We Love People criou uma ação bastante interessante na estação central de Copenhagen. Quem passava pelo local, ouvia os gritos de socorro de uma garota de 12 anos chamada Melika, que estava presa sob os escombros de uma construção destruída.

Conforme as pessoas interagiam com a instalação via Instagram, os escombros iam sendo removidos, até um final que surpreendeu os participantes.

save
Fonte: Brainstorm9
25
ago

Pacientes com ELA também aceitam o desafio do balde de gelo.

Um jovem e um pai de família, ambos com esclerose, lembram a importância de conscientizar sobre a doença.

ela

Eles praticamente zeraram o desafio do balde de gelo. Iniciado nos EUA, o meme tinha como intuito desafiar as pessoas a se encharcarem com um balde de água gelada E a doarem uma quantia em dinheiro para a ALS Foundation, que ajuda pessoas diagnosticadas com esclerose lateral amiotrófia (ALS na sigla em inglês). Quando chegou ao Brasil, o cunho conscientizador foi perdendo a força, e acabou ficando só a brincadeira de desafiar a tomar um banho de água gelada.

Os números ajudam a provar: nos EUA, o #IceBucketChallenge foi capaz de arrecadar mais de 31,5 milhões de dólares, algo como 71 milhões de reais, enquanto a somatória das quantias recebidas por instituições brasileiras como a Pró-Cura da Ela, Abrela e Instituto Paulo Gontijo mal chegou a 75 mil reais.

Por isso, esses vídeos de dois pacientes diagnosticados com a doença ajuda a relembrar a real importância da causa: conscientizar sobre a doença, ajudar a falar sobre suas dificuldades, o quão cruel ela pode ser com a pessoa, e o quanto ela é desgastante para o paciente e para os familiares.

Hoje com 26 anos, Anthony Carbajal viu a avó ser acometida pela doença e falecer, e hoje cuida da mãe, que já perdeu boa parte dos seus movimentos. Ele mesmo se vê completamente aterrorizado, pois depois de ter visto dois dos seus entes queridos lidarem com a situação, ele mesmo terá que enfrenta-la: ele foi recentemente diagnosticado com ELA, e já sente dificuldades ao mover as mãos para abotoar uma camisa, por exemplo.

Essa eu acho que é a real importância da causa: dar espaço para que essas pessoas possam contar suas histórias, seus dramas, e prover a elas, através de doações a instituições especializadas, a esperança de que um dia possa ser encontrada a cura, ou uma forma de controlar a progressão da doença, ou qualquer coisa que seja algo mais do que apenas cuidados paliativos.

Entrar no meme é fácil. Compreender a gravidade da ELA, ter consciência de como os sintomas se manifestam e se mobilizar para ajudar a ciência a encontrar uma saída, isso é realmente muito mais difícil.

Fonte: Brainstorm9