Tag: futebol

29
jul

Ensaio fotográfico documenta multidões assistindo a Copa do Mundo.

Ensaio fotográfico Documentos multidões assistindo a Copa do Mundo

Jane Stockdale captura espectadores e emoções em locais em todo o Brasil.

O escritor Damian Platt afirma  que o Brasil sediou um das mais felizes e mais emocionantes Copas do Mundo. Os jogos foram imprevisíveis, chocantes e emocionantes. Os espectadores de todo o mundo assistiram em antecipação, a partir do conforto de suas casas ou no pub local.

O fotógrafo Jane Stockdale, capturou as multidões no Brasil em sintonia com os eventos esportivos assistidos por quase metade da população mundial. O ensaio fotográfico intitulado, “Assistindo a Copa do Mundo “, é uma viagem através de ambientes e emoções como torcedores, em espaços públicos, nas praias, em estações de ônibus, lojas, hospitais e supermercados.

Em sua narrativa, Platt descreve a violência tumultuosa que infectou comunidades fora das praias vibrantes no bairro da Zona Sul em 2014, além das emoções captadas da extrema alegria até ao desespero. Com o Brasil no centro das atenções, as autoridades implantaram a segurança pública e tropas armadas. Quando a multidão comemorava, os seguranças estavam conscientes e alerta das ameaças potenciais que daí poderiam resultar.

Soldados na rua

Segurança armada nas ruas

Platt menciona a magnitude dos tiroteios que tornaram o ano particularmente conturbado, mas também destaca as consequências positivas dos jogos do Brasil, trazendo alegria e celebração para as ruas. Fotos mostram crianças e adultos que desfilam com a camisa número 10 em apoio ao herói nacional, Neymar. O projeto de Stockdale retrata brilhantemente a experiência, variando entre civis e seus protetores armados, que igualmente desfrutaram o jogo.

Mas a Copa do Mundo não é simplesmente sobre o futebol: Stockdale correu até a praia de Copacabana e documentou moradores e turistas que gostam de cervejas e caipirinhas enquanto assistiam os jogos em uma tela ao ar livre.

Após o resultado da Argentina contra Alemanha ele captura o poder do jogo: tanto pessoas mais velhas ou mais jovens que choram em descrença. Platt descreve a praia como um “campo de batalha” após a perda da Argentina.

Relógios Mulheres Brasil perder em choque

Confira as emocionantes fotografias e o relato no site: www.watchingtheworldcup.com

Fonte: PSFK

22
jul

Alienígenas x terráqueos: quem levou a melhor na campanha da Samsung?

Bs79G1cCMAAn6HQ.jpg-large

Trama criada em torno do Galaxy 11 chega a seu desfecho.

Foram praticamente nove meses construindo uma história, sem saber ao certo aonde ela nos levaria. No final do ano passado, a Samsung convocou, primeiroLionel Messi, depois algumas das maiores estrelas do futebol, para a campanha do Galaxy 11 da Samsung, em que os jogadores terráqueos enfrentariam um time alienígena. Agora, a trama finalmente encontrou o seu desfecho, e revela quem levou a melhor.

Agora que a Copa do Mundo já acabou e sabemos quem levou a taça (e também quem se deu mal), os filmes criados pela  Cheil Worldwide e produzido pela Psyop ganham um sabor diferente. Sem spoilers, dê o play e confira.

Abaixo, para relembrar, a primeira parte de The Match.

Fonte: Brainstorm9

16
jul

Na publicidade, pode já deixar a Copa com a Argentina.

A Copa do Mundo é da Argentina. Pelo menos no que se refere à publicidade relacionada ao Mundial, decididamente os argentinos são campeões do mundo. É só ver a nova campanha da Coca-Cola feita para celebrar a chegada da Copa por lá. Criada pela agência David, de origem brasileira, a peça é tão genial quanto os dois gols de Maradona naquele jogo contra a Inglaterra em 1986: o da “mano de Diós” e aquele em que metade dos jogadores ingleses foram deixados para trás.

Mas por que parece que só na Argentina a publicidade é capaz de ser assim tão perfeita na tradução do sentimento pelo futebol e pela Copa do Mundo? Um dos palpites é a de que o argentino nutre um sentimento único pelo país e pelo time nacional. Diferentemente do Brasil, em que há um misto de emoções e sensações a respeito da seleção, na terra vizinha a selección é a pátria, é o orgulho argentino, é o sentimento que nunca para.

No Brasil, a Copa das Confederações ajudou a escolhermos um caminho para trabalhar a relação do torcedor com o time brasileiro. Curiosamente, parece que a publicidade passou incólume pela faísca que foi o hino nacional à capela entoado nos estádios desde Fortaleza, na segunda partida da competição.

Desde sempre, a CBF deveria ter um plano para criação de uma identidade para a seleção brasileira. O afastamento dessa preocupação gera o afastamento da seleção do sentimento das pessoas. A Argentina ser campeã do mundo em publicidade ligada à Copa é mais uma prova de que o brasileiro não sabe, ao certo, o que espera do time nacional. Essa é a má notícia. A boa é a de que há uma tremenda oportunidade pairando no ar. O primeiro que se apropriar dela, vai fatalmente marcar sua história para uma geração inteira, mais ou menos como foi, lá atrás, o primeiro Valisère…

Fonte: Erich Beting – Site UOL Esporte

17
jun

Campanha ‘My Blood is Red and Black’ para o Esporte Clube Vitória (Brasil) é premiada em Cannes.

vitoria

Campanha para doação de sangue, da Leo Burnet Tailor Made SP, que utiizou o time do Vitória retirando a cor vermelha de seu tradicional uniforme rubro-negro, foi premiado na categoria Lions Health em Cannes. Merecido!

Fonte: Brainstorm9

16
jun

Facebook: 58 milhões de pessoas comentaram estréia do Brasil na Copa 2014!

copadomundobrasil_520

Número é cinco vezes maior do que o registrado pela cerimônica do Oscar 2014. Pênalti controverso e gol contra foram momentos mais comentados.

O Facebook revelou nesta sexta-feira, 13/6, que cerca de 58 milhões de pessoas no mundo todo comentaram a estreia do Brasil na Copa 2014  pela rede social.

No total, esses usuários tiveram 140 milhões de interações, incluindo fotos e posts, além de curtidas em comentários, durante a partida vencida pelo Brasil por 3 a 1 contra a Croácia em São Paulo.

De acordo com o Facebook, esse número é cinco vezes maior ao registrado pela rede social durante o Oscar 2014, em que 11,3 milhões de pessoas totalizaram 25,4 milhões de interações sobre o prêmio da Academia de Cinema.

Brasil

Por aqui, a rede de Mark Zuckerberg registrou 16 milhões de pessoas, 27,6% do total no mundo, falando sobre a partida apenas nas primeiras horas após a abertura da Copa 2014. Esses usuários brasileiros tiveram 40 milhões de interações no período, 28,5% do total. Um em cada em 3 brasileiros que usaram o Facebook durante o jogo entre Brasil e Croácia fez interações a respeito da partida.

Principais momentos

Os dois gols de Neymar, sendo um deles resultado de um pênalti controverso, foram os dois momentos mais comentados. Ainda aparece no Top 5 o gol contra do lateral Marcelo, que deu a vantagem inicial para a Croácia ainda no primeiro tempo.

O Brasil foi o país que mais comentou a partida no Facebook, seguido pelos Estados Unidos, que não possuem tradição no futebol, e pelos ingleses, apaixonados pelo esporte que inventou.

Fonte: IDG NOW