Tag: twitter

05
nov

Será que dá mesmo para comparar resultados do Twitter e do Facebook?

Face x twitter

Consideradas as duas maiores redes sociais do momento, elas funcionam de modos diferentes e tem públicos bem diversos.

Tanto Twitter quanto Facebook são consideradas importantes redes do momento, mas como comparar resultados de campanhas em cada uma delas? Será que o tipo de interação e de usuários de cada uma dessas redes sociais não são diferentes demais para serem comparados?

Trazendo mais dados do que respostas, esse infográfico produzido por uma parceria entre Forbes Statista mostra que apesar de quaisquer semelhanças, Twitter e Facebook tem números e resultados bem diversos.

Além da grande diferença de usuários ativos mensais, as principais contas/páginas são completamente diferentes – no Twitter, a conta mais seguida é a de Katy Perry, seguida pelo astro pop Justin Bieber e pelo presidente dos EUA, Barack Obama. Já no Facebook, as personalidades em destaque são ShakiraCristiano Ronaldo e Eminem.

facebook_twitter_forbes

Entre seus usuários, o Twitter tem uma audiência muito mais mobile que a do Facebook, mas o tráfego gerado pela rede social de Mark Zuckerberg é inegável: cerca de 20 vezes maior do que o gerado pelo Twitter.

Uma evidência numérica de que é no mínimo complicado comparar as duas redes.

Fonte: Brainstorm9




21
ago

Mídia social: 4 dicas para comunicação visual.

Imagens dignas de atenção que param o deslizar dos dedos são umas das melhores formas de se comunicar visualmente em mídias sociais. Mas espere… o que isso significa? Esteja você lendo este artigo em seu celular ou no computador, provavelmente você tem a opção de “deslizar os dedos” no conteúdo que estiver visualizando. Quando você vê algo visualmente maravilhoso, você “para de deslizar os dedos” no feed para começar a olhar a imagem que chamou sua atenção. Você irá então deslizar os dedos lentamente ou parar de rolar totalmente o conteúdo para ver a foto em mais detalhes. É isso que “parar de deslizar os dedos” significa. Portanto, eis algumas maneiras de começar a mostrar mais elementos visuais chamativos em mídias sociais.

Empresário de pé na água

1. Coloque a imaginação de seu cliente no comando.

Os melhores elementos visuais ficam abertos para interpretação, e principalmente para a imaginação.

A Audi, montadora alemã, deixa a porta completamente aberta para a imaginação de seus clientes. Eles então colocam seus clientes no comando com quase todas as imagens que eles escolhem. Essa marca acredita que seus clientes têm a “coragem de reimaginar o que é possível”. E eles incorporam essa crença através do uso de imagens emocionais que elevam o espírito, e permitem que seus clientes mostrem sua verdade.

Eles fazem isso de uma maneira simples com imagens que nem mostram carros. A simplicidade do símbolo da Audi, exibido em detalhes com uma bela paisagem ao fundo, dá asas à imaginação. A imagem apresenta a ideia de aproveitar a bela paisagem de dentro de um carro (preferencialmente em um conversível da Audi). Mas ela conta com a sua imaginação para preencher os detalhes, e seguir rumo ao pôr-do-sol da forma que desejar.

2. Pinterest e Instagram: mostre sua jornada visual.

O Instagram e Pinterest são duas das plataformas mais divertidas para mostrar sua jornada em mídias sociais. Eles são completamente diferentes na forma como você usa as imagens. Portanto, se você tem tempo para gerenciar a presença social em somente uma mídia, saiba escolher bem. Estas são algumas dicas:

Linha, botão e tesoura em cima da mesaa. Use o Instagram para compartilhar fotos pessoais sobre você e sobre o que sua empresa faz. Como cada imagem é capturada de seu próprio telefone, ele mostra o lado humano de sua marca como nenhuma outra plataforma. Claro, você tem a opção de Repostar fotos de outras pessoas ou publicar citações. Mas geralmente, as melhores fotos no Instagram são enviadas por você.

b. Com tanto barulho na Internet, não compartilhe cada pensamento que passar pela lente da câmera de seu telefone. Atenha-se a um tema para que você possa transmitir o melhor tom e estilo. Seja discreto com o que é apropriado para compartilhar, para que você possa (literal e figurativamente) exibir sua perspectiva única e compartilhar sua visão de forma clara e concisa.

c. Embora a qualidade das imagens de seu iPhone seja perfeita para visualização no Instagram, as imagens do Pinterest tendem a ficar melhores. Por esse motivo, as imagens no Pinterest nem sempre são tão pessoais quanto no Instagram, já que muitos empresários não dedicam tempo para capturar de forma profissional seus produtos de forma visualmente espetacular. (E muitas das melhores marcas no Pinterest raramente “pinam” seus próprios produtos). A boa notícia é que você pode encontrar muitas imagens que já existem no Pinterest para exibir sua perspectiva digna de pins. Crie quadros de inspiração para seus clientes “pinando” imagens interessantes que você encontrar online.

Redes sociais

3. Saiba usar as outras plataformas.

Para poder envolver seus clientes de maneira esteticamente agradável, você deverá saber usar bem as outras plataformas. Mas seja bem cuidadoso ao combinar as plataformas. Por exemplo, compartilhar automaticamente cada tweet em seu Facebook não é recomendável. Aperfeiçoe sua abordagem com estas dicas:

a. Embora o Twitter seja considerado mais do que uma plataforma baseada em texto, você pode combiná-lo com o Instagram para contar sua história em tweets. O site If This, Then That (ifttt.com) permite criar uma receita que publica tweets de suas imagens sempre que você publica no Instagram. Assim que você cria uma receita, ele automaticamente publica um tweet de cada imagem. Ele tem a vantagem de conscientizá-lo quanto às imagens que você opta por compartilhar, já que elas também são exibidas em seu Twitter.

Pôr de sol na Indonesia, Banten, Tanjung Burung b. Escolher a imagem perfeita para cada publicação faz parte de qualquer estratégia boa de conteúdo. Uma forma de conseguir isso é utilizar as palavras certas ao fazer buscas nas imagens de bancos de dados. Escolha termos genéricos e palavras que proporcionem a ideia de mente aberta em vez de ser muito específico. Às vezes, a imagem mais adequada irá aparecer quando você buscar pelo tema mais amplo dentro do que você espera retratar. Por exemplo, se você estiver procurando por uma imagem de um belo pôr do sol, teste buscar por “natureza”, “imaginação” ou “beleza” em vez de buscar pelo termo óbvio “pôr do sol”.

c. Use o botão “Pin It” do Pinterest para permitir que os visitantes “pinem” as imagens de seu artigo. Já que suas imagens já serão dignas de atenção, seus visualizadores naturalmente irão querer deixar suas páginas do Pinterest bonitas com seus pins. Esse botão “Pin It” é a forma menos dolorosa de criar envolvimento orgânico para suas imagens.

4. Mostre seu lado simples

Combine os vários elementos de seus produtos e serviços exibindo o lado simples e mais leve de sua marca. Isso pode ajudar a atrair os melhores clientes: os clientes sérios que não se levam tão a sério.

http://www.istockphoto.com/photo/celebration-35943252Por exemplo, o subtítulo do quadro “Hey Girl” da General Electric é “Thomas Edison has a crush on you”. As imagens peculiares “pinadas” nesse quadro revelam que a marca acompanha os memes da Internet. A GE mostra que até mesmo algo tão aparentemente mundano como os eletrônicos pode oferecer diversão.

Exibir suas imagens dignas de atenção em mídias sociais é bem simples: use a imaginação, mostre sua jornada e saiba combinar os elementos. E não se esqueça de dar um toque de simplicidade em todo o processo.

Fonte: IStock

22
jul

Internet é a principal fonte de entretenimento para 43% dos jovens.

original-57

A rede pauta o comportamento, o estilo de vida e os padrões de consumo desse grupo, segunda edição da pesquisa “Jovem Digital Brasileiro”, do Ibope.

A maioria do jovem brasileiro (96%) é internauta, usa a internet diariamente para navegar nas redes sociais (90%), ver ou baixar vídeos. Esses jovens possuem perfil em 6,7 redes sociais, em média e 2,8 endereços de e-mail (17% apenas um, 40% dois e 21% mais do que 3). A maioria dos jovens entre 18 e 25 anos  (91%) usa constantemente o Facebook, 48% o Youtube, 15% o Instagram e 13% o Twitter. E a simultaneidade e a convergência estão no seu DNA: os meios são consumidos pela internet com tal naturalidade, que muitas vezes os vídeos online se tornam uma nova forma de escrita da web.

Os dados são da segunda edição da pesquisa “Jovem Digital Brasileiro”, do Ibope, apresentada nesta quinta-feira, 17/7, pela diretora da área de Learning & Insights do IBOPE Media, Juliana Sawaia, no youPIX SP Festival 2014, e comprovam que a internet pauta o comportamento, o estilo de vida e os padrões de consumo desse grupo.

A pesquisa, que ouviu 1513 internautas brasileiros com idade entre 15 e 32 anos, é resultado do projeto youPIX Tank, fruto da parceria entre o IBOPE Media, Conecta – unidade de negócios on-line do IBOPE Inteligência, e youPix, plataforma que discute as principais tendências da internet. A maioria (96%) usa a internet diariamente e a disbribuição entre classes sociais é muito homogênea.

Além de multimeios, uma vez que 61% deles estão habituados a usar mais de um meio de comunicação ao mesmo tempo – e 63% assistem TV enquanto navegam na Web – os jovens brasileiros também podem ser considerados multitelas. Atualmente, 17% dos jovens que vivem nas principais capitais e regiões metropolitanas brasileiras têm ao menos um tablet em casa e, entre os que possuem telefone celular, 47% têm smartphone. Além disso, 12% já navagem na Internet através de Smart TVs, 82% têm o hábito de navegar da Internet a partir do smartphone e  28% através dos tablets.

Quatro aplicativos estão em 80% dos celulares que usam: Facebook, e-mail, WhatsApp e YouTube.

Confira a íntegra da palestra no vídeo abaixo, diponibilizado pelo YouPix no Youtube.

Fonte: IDG NOW

17
jul

Não podemos mais interromper nossos clientes.

inbound_marketing_para_iniciantes

O tradicional “Marketing de Interrupção” do século passado não funciona mais. Agora nossos clientes e prospectos buscam atingir seus próprios objetivos, e não as metas de uma mídia monolítica monopolizada. Eles usam a web de forma pessoal como biblioteca, enciclopédia e base de dados de pesquisa, tudo em um.

O Processo do Inbound Marketing

O  processo do Inbound Marketing  se divide em quatro estágios: Atrair, converter, fechar e satisfazer.

Você chega aos seus clientes para que conheçam, gostem e confiem. Você os convence a que experimentem seu produto ou serviço e depois para que comprem. Finalmente, você presta um excelente serviço e eles se tornam clientes repetidos e fãs da marca, e assim começam a trazer mais clientes pra você.

Nós gostamos de definir o processo do Inbound Marketing da seguinte forma:

  • Responda as perguntas dos seus clientes
  • Inicie uma conversação com o seu cliente
  • Estabeleça um compromisso profundo com o seu cliente
  • Seja parceiro do seu cliente
  • Seu cliente torna-se seu defensor

Responda Perguntas

Os clientes que estão navegando na internet estão lá para encontrar respostas de suas perguntas. Como asso uma torta de maçã? Onde eu posso levar meu filho a um especialista? Nós antecipamos essas perguntas e fornecemos respostas em posts, em nossos sites, otimizando nosso conteúdo às palavras-chave que os clientes estão digitando no Google/Bing/Yahoo. Quando respondemos as dúvidas dos clientes,
nós satisfazemos a missão que eles tinham quando entraram na web. Eles estão à procura de resposta e nós demos as respostas. Nós também começamos a ter uma conversação com os nossos clientes.

Inicie Conversações

Nosso site não deve ser uma apresentação de armários. Cada palavra em cada página deve ser parte de uma conversação que o nosso cliente já possui em sua cabeça. Nós fazemos o mesmo nas redes sociais, mas agora a conversação é real. Nós fazemos isso através do nosso blog, nossos vídeos e podcasts também. É aí onde se inicia a interação com os nossos clientes, fazendo com que eles gostem e confiem em nós. A conversação nos ajuda a entender melhor os clientes e vice-versa. Isso também nos leva a um envolvimento mais profundo com os nossos clientes.

Compromisso Profundo

Ao convencer nossos clientes que se cadastrem em nossas newsletters, que se tornem mebros da seção “somente membros” em nossos sites, que nos sigam nas redes sociais ou que nos liguem, estamos estabelecendo um compromisso profundo com eles. Este é o ponto onde eles começam a confiar em nós e acreditam que estamos olhando para os seus melhores interesses. Eles se tornam nossos fãs, começam a compartilhar nosso conteúdo e começam a buscar formas de iniciar uma relação comercial com a gente.

Relação Comercial

Dizer que nossos clientes se tornam compradores é minimizar essa parte do processo do Inbound Marketing. Nossos clientes entram em uma relação comercial com a gente ao comprar o nosso produto ou contratar o nosso serviço. Mas é aí que a relação começa. Nós usamos ferramentas, tais como CRM, pesquisas, newsletters de clientes e gestos de apreciação do cliente para transformá-los em compradores regulares e não em compradores de uma só vez. Nós também queremos transformá-los em defensores.

Ganhe Defensores

Ao satisfazer nossos clientes, nós transformamos nossos clientes em defensores. Isso acontece quando eles nos referem aos seus amigos e familiares. Nós os ajudamos estabelecendo processos formais que lhes permitem ganhar uma recompensa ao fazerem isso. Nós também continuamos a fornecer valor ao oferecer a eles um conteúdo educativo que lhes ajudará a conhecer ainda mais sobre nosso produto ou serviço. Nós usamos nossas newsletters, redes sociais, blogs, eventos e webinars para fornecer mais valor aos nossos clientes, assim eles se tornam defensores de nossos serviços junto de sua rede de contatos.

Fonte: Ebook “Inbound Marketing”

17
jun

Campanha ‘Cancertweets’ cria contas no Twitter que crescem como um câncer virtual.

liga-cancer-tweets

Da Leo Burnett Colombia Bogotá, para a League Against Cancer (Colômbia), recém vencedora em Cannes na categoria Ouro, a campanha cria contas no Twitter com uma interessante estratégia, alertando seu seguidores como o câncer cresce sem que o doente dê atenção aos primeiros sintomas. Assista o video e veja como a campanha alcançou a população de uma forma impactante e emocional.