Tag: venda

03
out

Facebook Marketplace deve facilitar venda de produtos pela rede social.

 

 

 

 

 

 

facebook_marketplace_2-920x510O Facebook apresentou hoje o Marketplace, nova funcionalidade da rede social que vai facilitar a vida de quem pretende vender ou comprar algum tipo de produto direto de outras pessoas. A opção vai mostrar ao usuário qual a proximidade e contato das pessoas que estiverem vendendo um item. Será possível inclusive, navegar em categorias, como por exemplo “Casa” ou “Eletrônicos”, para facilitar a busca. Veja como ele funciona no vídeo acima.

Assim que o usuário encontrar o item que deseja, é só clicar que ele já terá todas as informações disponíveis, como descrição do objeto, fotos e contato.

Para quem quiser vender algum item, o processo será tão simples quanto efetuar um post no seu perfil. É só entrar no Marketplace, inserir a foto do objeto, nome, descrição, preço, localização e categoria.

Vale lembrar que o Facebook não interfere de modo nenhum na transação, sendo necessário acertar isso diretamente com o vendedor. Mas a vantagem é clara: diferente dos outros sites, ele não pega um percentual da transação.

Segundo a rede, mais de 450 milhões de pessoas ao redor do mundo visitam e fazem vendas em grupos mensalmente.

A funcionalidade estará disponível nos próximos dias para usuários com mais de 18 anos nos Estados Unidos, Reino Unido, Austrália e Nova Zelândia na versão para dispositivos móveis (Android e iOS). Logo a opção deve chegar para mais países e também para a versão desktop da rede social.

Fonte: www.b9.com.br

 





28
jul

Storytelling: como contar histórias inesquecíveis que se vendem praticamente sozinhas.

Captura de Tela 2014-07-28 às 11.41.04

Storytelling é a mais antiga forma de passar conhecimento através de gerações. Ela representa também como olhamos para diversos fatos e tomamos opiniões, já que somos influenciados por histórias e pela forma como as interpretamos.

Uma boa história é autêntica, criativa, faz uma conexão emocional e pessoal, inspira ação e leva o público a uma jornada de mudanças e transformações.

As pessoas que contam e acreditam em histórias iguais possuem valores semelhantes. A visão de mundo que temos é, simplesmente, uma coleção de histórias sobre fatos que acreditamos. Logo, uma boa história é fundamental para criar uma sensação de “nós”.

Histórias compartilhadas, valores compartilhados, visões de mundo compartilhadas. A ideia de pertencer a um grupo específico, uma tribo. Sem uma história, não há conflito, porque não é possível existir “nós” se não houver “eles”.

infografico storytelling 600px [Infográfico] Storytelling: Como contar histórias inesquecíveis que se vendem praticamente sozinhas

Fonte: Viver de Blog

17
jul

Não podemos mais interromper nossos clientes.

inbound_marketing_para_iniciantes

O tradicional “Marketing de Interrupção” do século passado não funciona mais. Agora nossos clientes e prospectos buscam atingir seus próprios objetivos, e não as metas de uma mídia monolítica monopolizada. Eles usam a web de forma pessoal como biblioteca, enciclopédia e base de dados de pesquisa, tudo em um.

O Processo do Inbound Marketing

O  processo do Inbound Marketing  se divide em quatro estágios: Atrair, converter, fechar e satisfazer.

Você chega aos seus clientes para que conheçam, gostem e confiem. Você os convence a que experimentem seu produto ou serviço e depois para que comprem. Finalmente, você presta um excelente serviço e eles se tornam clientes repetidos e fãs da marca, e assim começam a trazer mais clientes pra você.

Nós gostamos de definir o processo do Inbound Marketing da seguinte forma:

  • Responda as perguntas dos seus clientes
  • Inicie uma conversação com o seu cliente
  • Estabeleça um compromisso profundo com o seu cliente
  • Seja parceiro do seu cliente
  • Seu cliente torna-se seu defensor

Responda Perguntas

Os clientes que estão navegando na internet estão lá para encontrar respostas de suas perguntas. Como asso uma torta de maçã? Onde eu posso levar meu filho a um especialista? Nós antecipamos essas perguntas e fornecemos respostas em posts, em nossos sites, otimizando nosso conteúdo às palavras-chave que os clientes estão digitando no Google/Bing/Yahoo. Quando respondemos as dúvidas dos clientes,
nós satisfazemos a missão que eles tinham quando entraram na web. Eles estão à procura de resposta e nós demos as respostas. Nós também começamos a ter uma conversação com os nossos clientes.

Inicie Conversações

Nosso site não deve ser uma apresentação de armários. Cada palavra em cada página deve ser parte de uma conversação que o nosso cliente já possui em sua cabeça. Nós fazemos o mesmo nas redes sociais, mas agora a conversação é real. Nós fazemos isso através do nosso blog, nossos vídeos e podcasts também. É aí onde se inicia a interação com os nossos clientes, fazendo com que eles gostem e confiem em nós. A conversação nos ajuda a entender melhor os clientes e vice-versa. Isso também nos leva a um envolvimento mais profundo com os nossos clientes.

Compromisso Profundo

Ao convencer nossos clientes que se cadastrem em nossas newsletters, que se tornem mebros da seção “somente membros” em nossos sites, que nos sigam nas redes sociais ou que nos liguem, estamos estabelecendo um compromisso profundo com eles. Este é o ponto onde eles começam a confiar em nós e acreditam que estamos olhando para os seus melhores interesses. Eles se tornam nossos fãs, começam a compartilhar nosso conteúdo e começam a buscar formas de iniciar uma relação comercial com a gente.

Relação Comercial

Dizer que nossos clientes se tornam compradores é minimizar essa parte do processo do Inbound Marketing. Nossos clientes entram em uma relação comercial com a gente ao comprar o nosso produto ou contratar o nosso serviço. Mas é aí que a relação começa. Nós usamos ferramentas, tais como CRM, pesquisas, newsletters de clientes e gestos de apreciação do cliente para transformá-los em compradores regulares e não em compradores de uma só vez. Nós também queremos transformá-los em defensores.

Ganhe Defensores

Ao satisfazer nossos clientes, nós transformamos nossos clientes em defensores. Isso acontece quando eles nos referem aos seus amigos e familiares. Nós os ajudamos estabelecendo processos formais que lhes permitem ganhar uma recompensa ao fazerem isso. Nós também continuamos a fornecer valor ao oferecer a eles um conteúdo educativo que lhes ajudará a conhecer ainda mais sobre nosso produto ou serviço. Nós usamos nossas newsletters, redes sociais, blogs, eventos e webinars para fornecer mais valor aos nossos clientes, assim eles se tornam defensores de nossos serviços junto de sua rede de contatos.

Fonte: Ebook “Inbound Marketing”